Fruta: todas as frutas podem ser congeladas. No caso dos citrinos podem fatiá-los, congelá-los e usá-los directamente em bebidas frias. As uvas e frutos vermelhos podem ser, também, congelados e servidos depois como verdadeiros cubos de gelo aromatizados.

Batatas: podem fervê-las durante cinco minutos e congelá-las em seguida. Depois, podem por exemplo, descongelá-las durante a noite e assá-las no forno no dia seguinte.

Pimentos: se ainda têm pimentos no frigorifico e não tem planos para os consumir, congelem-nos. Quando precisarem para os cozinhados, podem picá-los ainda congelados.

Queijo: se tem queijo ralado ou queijo da ilha ainda dentro do prazo de validade e não tem planos para consumir, podem congelar já ralado, ou ralar e congelar para depois utilizar em pizzas, massas e quiches.

Pão: pode fatiar o pão ou congelar em metades. Quando o quiser consumir, basta tirar do frigorífico e colocar a descongelar para depois consumir a se gosto.

Sobras de carne cozida ou peixe cozinhado: todos os tipos de sobras de carne ou peixe podem ser congelados, após serem cozinhados. Descongelem no frigorifico e utilizem, depois, normalmente numa massa ou risotto.

Carne ou peixe fresco: todos os tipos de carne ou peixe fresco podemos ser congelado. Atenção as quantidades congeladas, congelar em quantidades pequenas ou quantidades para uma ou duas refeições. Após a descongelação de carne e peixe cru não se pode voltar a congelar sem antes ser cozinhada.

Ervas aromáticas:

A salsa fresca que não chegou a usar no seu esparguete, tal como hortelã ou coentros, devem ser congelados em água.

Remova os pés, pique as folhas e coloque a erva aromática numa bandeja de gelo. Encha de água e deixe os cubos congelar. Depois de algumas horas, pode transferir tudo para um saco fechado ou outro recipiente. Basta descongelar quando quiser usar.

Alecrim, tomilho, cebolinho e louro podem ser congelados diretamente, com pés e tudo. Basta colocar num tabuleiro e levar ao frio. Para a sálvia, deve remover o pé, colocar as folhas num saco e comprimir tudo sem esmagar. Feche o saco e role as ervas no fundo do saco até formar um cilindro de sálvia que deve prender com elásticos ou cordel antes de congelar. Pode cortar segmentos deste tubo para usar.

O manjericão e a hortelã exigem um pouco mais de cuidado. Estas ervas mantêm melhor o sabor se antes forem transformadas em pesto. Remova os pés e combine as ervas aromáticas com azeite, numa proporção de 1 medida de azeite para 4 de ervas. Triture tudo, coloque a mistura num saco e congele numa bandeja de gelo. Pode passar os cubos para um saco depois de congelados. Se quiser manter as folhas inteiras, congele como se fosse salsa, mas substitua a água por azeite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.