Pequenas atitudes podem fazer uma grande diferença.

Desperdício alimentar é um conceito que se baseia nas perdas que ocorrem em qualquer uma das fases da cadeia alimentar, desde a produção ao consumo, e que implicam que os alimentos ou produtos alimentares não cumpram o seu propósito para o qual foram produzidos, isto é, não sejam consumidos.

O desperdício alimentar é um dos principais problemas a nível económico, ambiental e social que se verifica nos dias de hoje. É uma realidade cada vez mais significativa, com valores muito elevados que surpreendem e chocam qualquer pessoa.

Estima-se que em Portugal sejam desperdiçados anualmente mais de 1 milhão de toneladas de alimentos que dariam para alimentar 360 mil pessoas que passam fome no nosso país.

Todos os anos são enviadas para o lixo 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos a nível mundial. Este desperdício gera:

  • Um custo de 600 mil milhões de euros
  • Provoca o aumento das emissões de gases de efeito de estufa
  • Provoca a diminuição das reservas de água potável
  • Provoca impacto na biodiversidade do planeta

Verificando-se esse desperdício nos vários setores ao longo da cadeia alimentar: na produção e processamento, na distribuição e venda, e ao nível dos consumidores, sendo que este, a comida desperdiçada podia alimentar os 846 milhões de pessoas que passam fome.

Uma situação destas torna-se insustentável pelas consequências que acarreta. Não só milhares de pessoas que passam fome a nível mundial poderiam ver as suas necessidades alimentares satisfeitas – se as sobras e excedentes fossem corretamente direcionados – como também o ambiente se ressente.

O principal contributo individual que todos nós podemos dar começa com pequenas atitudes, em casa e no momento da compra, que reduzem a quantidade de comida que desperdiçamos. Pequenas atitudes podem fazer uma grande diferença, principalmente se adotadas por uma grande parte da população, estas pequenas técnicas não requerem grande esforço e até podem poupar dinheiro ao consumidor, uma vez que comida desperdiçada é também dinheiro desperdiçado.

É importante, cada vez mais, desenvolver um consumo consciente e sustentável nesse âmbito promovido o combate ao desperdício alimentar, atuando ao nível da gestão eficiente dos stocks, do planeamento e acompanhamento da produção e da redistribuição de produtos. Contribuir para a redução do desperdício alimentar, sensibilizando para a adoção de hábitos de compra, conservação, confeção, armazenamento e de consumo mais conscientes e sustentáveis.

You need to add a widget, row, or prebuilt layout before you’ll see anything here. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.