Óleos Alimentares Usados (OAU) são um resíduo com importância ao nível dos hábitos domésticos das famílias, resultando da fritura de alimentos. Devido à sua complexidade e elevado potencial de contaminação dos recursos hídricos, é fundamental a separação e encaminhamento deste resíduo.

Os óleos alimentares usados constituem um grave problema ambiental quando eliminados através dos esgotos urbanos, dificultando e agravando o trabalho das Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).

Um litro de óleo é suficiente para poluir, aproximadamente, um milhão de litros de água, pelo que o esgoto nunca deve ser o destino a dar aos óleos alimentares usados, porque podem danificar as infraestruturas e originar o aparecimento de pragas. Por outro lado, poderão danificar os sistemas de tratamento das águas residuais (ETAR’s), uma vez que a gordura se acumula nos filtros, obstruindo-os e fazendo com que não funcionem devidamente, prejudicando o processo de tratamento das águas.

Os óleos quando eliminado de forma incontrolada torna-se um potencial perigo de contaminação, quer dos solos, quer das águas, tanto a nível de aquíferos como das ribeiras e águas do mar.

Porque reciclar o óleo alimentar que usamos em casa?

Ao depositar ou colocar o óleo alimentar para a reciclagem está a prevenir o entupimento de condutas da sua casa e a contribuir para a diminuição da poluição da água, dos solos e do ar. Além disso, o mesmo óleo que frita os alimentos pode ser reciclado e transformado em biodiesel, um combustível alternativo aos combustíveis fósseis e menos poluentes.

Como reciclar o óleo alimentar?

Utilize as garrafas de óleos vazias para depositar o óleo usado e assim reciclar as mesmas, identificando sempre as garrafas com uma etiqueta – óleos usados. Coloque na garrafa o óleo usado na confeção de alimentos, previamente arrefecido e com o auxilio de um funil.

Depois de bem fechadas, as garrafas podem ser colocadas nos oleões que estão distribuídos em vários locais do concelho. A recolha é assegurada por entidade responsável pela gestão do sistema de recolha de óleos alimentares usados. 

Onde entregar?

Quando a garrafa estiver cheia e devidamente bem fechada, deixe-a num dos oleões perto de si.

Caso não existe nenhum sistema de recolha junto de si, as garrafas de plástico de OAU devem ser colocadas num contentor de lixo indiferenciado, devidamente fechado.

O que não deve colocar na garrafa?

No oleão só deve ser colocado óleo de origem alimentar (óleo de fritura, azeites, óleos de conservas). Não devem colocar resíduos dos alimentos e óleos lubrificantes (de origem mineral ou sintético), sendo um resíduo perigoso que impede a valorização do óleo alimentar usado.

Qual o destino do óleo?

Os óleos alimentares usados serão recolhidos e reencaminhado para uma unidade de tratamento e de valorização destes resíduos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.